Ir diréctamente al contenido

Ajudando

À procura de voluntários?, Entre na seção Fundações

Já é um membro? Entre com seu login e senha

A Comunidade de Trabalho Líder da América Latina, agora no Brasil. Cadastre seu currículo em Trabalhando.com

Voluntários fazem mutirão pela natureza nas praias da Grande Florianópolis

Data de publicação 31/01/2012

Em pleno domingo de sol, quando a maioria das pessoas se divertia à beira-mar, um grupo de surfistas trocou as pranchas pelos sacos de lixo mais uma vez

O Projeto Route, liderado por jovens que praticam surfe em Florianópolis, há um ano mobiliza comunidades para recolher lixos nas regiões de restinga e de costão das praias.

No domingo, desde as 10h, moradores e visitantes se envolveram na limpeza dos trechos do balneário, do Costão e das trilhas na Guarda do Embaú, em Palhoça.

A ação começou com um abraço coletivo exaltando a importância de preservar a praia. Houve, ainda, atividades como competição de futebol e aula de ioga, com o apoio da iniciativa pública e privada.

O presidente do Instituto Route, que promove o projeto, Pedro de Assis Silvestre, 24 anos, ressalta que o objetivo principal não é apenas retirar o lixo de onde os órgãos responsáveis não chegam:

— O foco é dar uma nova história aos objetos que ficam jogados e fazer com que as pessoas tomem a iniciativa de não deixar mais a sujeira nos locais. A gente quer também que elas tenham uma consciência ambiental.

Nas atividades na Guarda do Embaú, essa conscientização envolveu várias faixas etárias. O estudante Marlon Juvêncio, 18 anos, e morador da Guarda do Embaú, convenceu a namorada, Ana Carolina Patrício, 16 anos, e os três sobrinhos pequenos a acordar cedo para ajudar na limpeza.

— Muita gente vem aqui, usufrui, suja e vai embora. A gente tenta amenizar isso. E é bom porque já ensina as crianças não jogarem lixo nas praias — defende Juvêncio.

Equipados com sacos de lixo, luvas e camisetas do projeto, os argentinos Sofia e Juan Marcon, 12 e seis anos, recolheram cada papel e ponta de cigarro que encontraram pela frente. Foram eles que convenceram os próprios pais a participarem da ação.

— As crianças são apaixonadas por essa praia e, quando ouviram falar que era para limpar, se entusiasmaram em vir ajudar — conta o pai orgulhoso, Atílio Marcon, 48 anos.

Para quem participou, a alegria de ver a praia limpa foi bem maior do que o cansaço pelo peso de fazer a trilha com os sacos de lixo cheios nas costas, sob o sol forte.

— Hoje, a gente poderia estar em uma festa, curtindo uma praia, mas preferimos estar aqui trabalhando, estamos felizes com isso. A gente gosta, antes de tudo, da natureza — destacou a professora de balé Jéssica Portes, 19 anos.

Para o membro da Associação de Barqueiros da Guarda do Embaú, que ajudou a trazer os lixos mais pesados da Costa, Roseval Pereira, o Pinguim, 22 anos, valem todos os esforços, diante do incômodo que pode ser o lixo na praia.

Ele fica indignado com as pontas de cigarro que ficam pela areia e até pelos barcos, que transportes visitantes e moradores. Como cansou de apenas reclamar da falta de lixeiras no local, decidiu participar da ação do Projeto Route.

Também ajudaram o Corpo de Bombeiros, o Movimento SOS Rio da Madre, que trabalha pela recuperação do Rio da Guarda do Embaú, e a Associação de Surfe e Proteção da Guarda.

As coletas do Projeto Route costumam acontecer no último domingo de cada mês. O próximo destino da ação deverá ser decidido por enquete nas mídias sociais. Para mais informações sobre o projeto, basta acessar o site oficial.

Dicas para manter a praia limpa

- Leve uma sacolinha de lixo para guardar as embalagens do que for consumido
- Como não é todo mundo que lembra, leve uma sacolinha extra de lixo e distribua para os vizinhos
- A limpeza das praias também envolve a conscientização de quem está por perto, vale sempre dizer a importância de não jogar lixo em qualquer lugar
- Para quem fuma, a dica é fazer um cinzeiro de garrafa pet para se reunir as pontas de cigarro

 

Fonte: Clicrbs

Acesso Voluntários

Lembrar senha |  Cadastrar CV

Se você não possui uma conta no ajudando.org cadastre-se e complete seu CV voluntário.

Ajudando.org na web

Artigos de Interesse

7 dicas para fazer trabalho voluntário

Ser um voluntário é uma ótima maneira de ajudar as pessoas e fazer a diferença em sua comunidade. Confira 7 dicas de como ser um voluntário

Ler artigo completo

5 razões para se voluntariar se você não está trabalhando

Perder o emprego deixa qualquer pessoa desmotivada e preocupada com os períodos sem explicação no currículo. Saiba como resolver o problema se voluntariando para alguma causa

Ler artigo completo

Alunos voluntários do ITA mantém cursinho pré-vestibular

"As listas ainda estão sendo publicadas, mas já contabilizamos mais de 200 aprovações nos vestibulares realizados em 2011", informa Lucas de Brito Rocha, presidente do Curso Alberto Santos Dumont Vest

Ler artigo completo

Ver todas as notícias

Pesquisa

Quando foi a última vez que foi voluntário(a)?

Ver pesquisas anteriores

Ir ao topo da página